2019 - Palestrantes

Conferência de Abertura - 14 de maio

Conheça Elea Giménez Toledo, conferencista convidada


 


Elea Giménez Toledo (ILIA-CSIC - Espanha)


É diretora do Grupo de Pesquisa sobre Livro Acadêmico (ILIA) e cientista titular do Conselho Superior de Pesquisas Científicas (CSIC) da Espanha.

Doutora e licenciada em Documentação pela Universidade Carlos III de Madrid e membro do Comitê de Gestão da Ação COST da União Europeia da Rede Europeia para avaliação da pesquisa em Ciências Sociais e Humanidades.

Sua principal linha de pesquisa é a qualidade na edição científica e a relação das publicações científicas com os processos de avaliação acadêmica, especialmente nas áreas de Humanidades e Ciências Sociais. Seus projetos de pesquisa mais recentes concentram-se na edição acadêmica de livros, na análise dos processos editoriais, nos modelos de negócio e na edição e na busca de indicadores de qualidade para livros e editores.

É criadora do sistema público de indicadores para editores acadêmicos Scholarly Publishers Indicators (SPI). O objetivo prioritário desta pesquisa é promover e facilitar um reconhecimento adequado dos livros de pesquisa nos sistemas de avaliação, especialmente aqueles publicados sobre questões locais, com impacto social nas comunidades vizinhas e escrito, por essas razões, no idioma de cada país e não em inglês.

É autora de diversas publicações, entre as quais o livro “Malestar: Los investigadores ante su evaluación” (Iberoamericana Vervuert, 2016). Ministrou conferências e cursos em instituições como Observatoire des Sciences et Techniques (OST), European Research Council (ERC), Universidade de Zurique, Universidade de Bolonha, Universidade Stanford/PKP e Universidade Nacional Autônoma do México.

Dirigiu o projeto sobre Edição Acadêmica Espanhola, promovido pela Federación del Gremio de Editores de España.

Atualmente coordena um projeto de pesquisa sobre a edição universitária iberoamericana em colaboração com o CERLALC - Centro Regional para o fomento do Livro na América Latina e o Caribe (Unesco), a EULAC - Fundação União Européia-América Latina e Caribe e a ASEUC - Associação dos Editores Universitários da Colômbia. Um dos principais resultados deste projeto é o livro “Edición académica y difusión. Libro abierto en Iberoamérica", publicado pela Universidad del Rosario/Comares, com acesso em: https://www.comares.com/libro/edicion-academica-y-difusion_89079/

Recentemente coordenou em conjunto com as pesquisadoras Alesia Zuccala e Ginevra Peruginelli, uma edição monográfica da revista ASLIB, Journal of Information Management sobre Scholarly books and their evaluation context in the Social Sciences and Humanities, com acesso em: https://www.emeraldinsight.com/toc/ajim/70/6

 

Para mais informações sobre suas publicações, acesse: https://scholar.google.com/citations?user=jaqfQqEAAAAJ

 

Palestrantes - 15 de maio

RODA DE CONVERSA 1: AMBIENTE JURÍDICO DE ATUAÇÃO DAS EDITORAS UNIVERSITÁRIAS


Cynthia Sarti

É diretora da Editora Unifesp desde agosto de 2016. É Professora Titular de Antropologia na Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e pesquisadora do CNPq. Foi coordenadora do processo de implantação das áreas das Ciências Humanas na Unifesp e Diretora Acadêmica do Campus Guarulhos que sediou essas áreas, desde sua criação em 2006 até 2009 e, posteriormente, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais desta universidade (2010-2015). Graduou-se em Ciências Sociais e doutorou-se em Antropologia pela USP (Universidade de São Paulo). Publicou "A família como espelho: um estudo sobre a moral dos pobres", pela Editora Cortez, além de inúmeros artigos, coletâneas e capítulos de livro.


Denise Wolff

Graduada Bacharel em Ciências Contábeis pela UFPR, MBA em Auditoria Integral pela UFPR, Mestrado Profissional em Gestão de Políticas Públicas pela Univali. Na Direção da Divisão de Contabilidade, atuou na reestruturação dos controles internos das unidades arrecadadoras de receitas provenientes de excedentes de pesquisa. Dentre os trabalhos, destaca-se a emissão da Nota Fiscal Eletrônica na Editora UFPR.

***



Lahiri Argollo

Mestre em Inovação Tecnológica pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), pós-graduado em Direito e Processo do Trabalho e em Direito Administrativo. Graduado em Direito pela UESC e em Psicologia pela Faculdade de Ilhéus. Professor no Colégio Nossa Senhora da Vitória (Ilhéus), Assessor Técnico na Procuradoria Jurídica da UESC, e Psicólogo Clínico.


Mediadora:

Gleisy Fachin (Editora UFSC)

Palestrantes - 15 de maio

Roda de conversa 2: Políticas editoriais versus pressões do sistema de fomento e produção acadêmica


 

Daniela Alves

É doutora em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2008) e mestre em Sociologia (2000). É professora Associada do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal de Viçosa (UFV) e do Programa de Pós-Graduação em Educação. Dirige a Editora da Universidade Federal de Viçosa. É diretora da Regional Sudeste da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (ABEU). É membro do Conselho Consultivo da Scielo Livros. É secretária geral da Associação Brasileira de Estudos Sociais das Ciências e das Tecnologias. Tem experiência de pesquisa nas áreas de Sociologia do Trabalho e Estudos CTS (Ciência, Tecnologia e Sociedade).

 

Jézio Hernani Bomfim Gutierre

É doutor em Filosofia pela Universidade Estadual de Campinas, mestre em Filosofia - University of Cambridge e mestre em Lógica e Filosofia da Ciência pela Universidade Estadual de Campinas e graduado em Economia pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor assistente doutor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Tem experiência na área de Filosofia, com ênfase em Epistemologia, atuando principalmente nos seguintes temas: epistemologia contemporânea, Kuhn, Popper, racionalismo e ontologia da ciência. De 2001 a 2015 exerceu a função de Editor Executivo da Fundação Editora da Unesp. Desde 2015 é diretor-presidente da Fundação Editora da Unesp.

***


 

Marcelo Rosa

Professor do Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília, Coordenador da Área de Sociologia na CAPES/MEC e Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq. Atua no ensino, pesquisa e orientação na área de teoria social, sociologia da terra, movimento sociais nos países do sul-global. É coordenador do Laboratório de Sociologia Não-exemplar UnB/CNPq e editor do Agrarian South: Journal of Political Economy.

Mediadora:
Flávia Goulart (Editora da UFBA)

Palestrantes - 17 de maio

Roda de conversa 4: Publicação acadêmica e científica em um cenário mundial de crise


Alexandre Martins Fontes

Graduado em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, é diretor executivo da Editora WMF Martins Fontes e da Livraria Martins Fontes Paulista.

 

Mariana Bueno

É graduada em Economia pela PUC-SP e possui MBA em Inteligência Estratégica, Competitiva e Econômica pela FIPE-USP. Trabalha com pesquisa de mercado e análise de negócios e há quase uma década é a economista responsável pela pesquisa “Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro”, realizada pela FIPE em parceria com a CBL e o SNEL.  Mariana é também responsável pela produção da série histórica dessa pesquisa, que mostra o comportamento do mercado em termos reais. Participou da pesquisa “How big is global publishing?” em parceria com Rüdiger Wischenbart e publicada pela BookMap. Há dois anos conduziu a execução do Censo do Livro Digital e nos últimos anos vem se dedicando a estudar o desempenho do mercado editorial brasileiro e de outros países.


***


 

José Castilho Marques Neto

Doutor em Filosofia pela Universidade de São Paulo/USP, professor na Universidade Estadual Paulista/UNESP, pesquisador, conferencista, escritor, editor e Publisher, gestor público. É consultor internacional na JCastilho – Gestão&Projetos – Livro-Leitura-Biblioteca e Conselheiro de várias instituições culturais e educacionais. Dirigiu instituições culturais como: Editora UNESP, Biblioteca Pública Mário de Andrade (São Paulo), Secretário Executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura do Brasil, entre outros. Presidiu em vários mandatos a Associação Brasileira e a Associação Latino-americana de Editoras Universitárias - ABEU e EULAC. Escreveu livros e artigos em sua área de atuação. A Lei da PNLE - Política Nacional de Leitura e Escrita do Brasil - é apelidada com seu nome em reconhecimento ao seu trabalho em prol do livro e da formação de leitores.

Mediadora

Letícia Strehl (Diretora da Biblioteca Central da UFRGS)